Recanto do Cantinho da Saudade
A poesia e as vozes cavas dos meus eus nefelibatas!!!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Meu Diário
05/10/2021 18h15
GLOSSÁRIO

ACRÓSTICO: Na versificação, um acróstico é qualquer composição poética na qual certas letras de cada verso, quando lidas em outra direção e sentido, formam uma palavra ou frase.

 

ALDRAVIA: Trata-se de um poema sintético, capaz de inverter ideias correntes de que a poesia está num beco sem saída. Essa forma nova demonstra uma via de saída para a poesia – aldravia. O Poema é constituído numa linométrica de 06 (seis) palavras-verso. Esse limite de 06 palavras se dá de forma aleatória, porém preocupada com a produção de um poema que condense significação com um mínimo de palavras, conforme o espírito poundiano de poesia, sem que isso signifique extremo esforço para sua elaboração.

 

BALADA: Há uma popular, estíquica, espécie de lenda ou narração versificada (romance), e uma cortês, de Forma Fixa, hoje estabelecida com três estrofes e um envio, ou oferta ou dedicatória, tendo as primeiras tantos versos quantas forem as sílabas de cada verso e o Envio a metade desse número. Tanto as Estrofes quanto o Envio, a Dedicatória ou a Oferta, repetem, no fim, o mesmo verso. O esquema uníssono das rimas varia conforme a extensão estrófica, podendo ser: ABABABAB, ou ABABBABA, ABABBCBC, ABABCDCD. Para estrofes de 8 versos e 8 sílabas, estes são os esquemas mais utilizados. Na atualidade alguns poetas tecem suas Baladas usando outra variação tanto nas Rimas como nos Versos. Mas aí as baladas já não podem ser chamadas Francesas. Também podem ser compostas em estrofes de 10 versos, mas aí os versos devem ser decassílabos e o esquema de rima mais usado, é o que se utiliza para as Décimas: ABBAACCDDC, mas também podem ter outras variações. Porém a estrofe final, do Envio, deve nesse caso, ter cinco versos usando as rimas CCDDC para a mesma. Mas inda existem as Baladas com outros metros.

 

BREVE: Forma poética criada pelo poeta brasileiro Humberto Del Maestro. É composta por dísticos, formando cada um uma frase completa. Os versos têm 5 sílabas (redondilhas menores) com acento nas segundas e quintas sílabas. Por sugestão do autor, terminar o verso com palavras paroxítonas. O breve não precisa de rima nem de título.

 

CADAE: É um poema que utiliza o valor do PI (3,1415 aproximadamente) para a contagem de sílabas poéticas dos versos. Assim sendo, o cadae é um poema minimalista de cinco versos, ou seja, uma quintilha, na qual o primeiro verso tem três sílabas poéticas; o segundo, uma; o terceiro, quatro; o quarto, uma; e o quinto, cinco. A origem do nome, cadae, também está ligada ao valor do PI. Cada número indica a letra do alfabeto correspondente. Assim: 3 = C; 1 = A; 4 = D; 1 = A; 5= E. No cadae, deve haver uma ruptura. Esse tipo de poema não tem título. Para identificá-lo, usam-se números.

Publicado por Jaime Adilton Marques de Araújo
em 05/10/2021 às 18h15

Jadilton Marques
 

Minha foto
Ver tamanho ampliado

Entre em contato comigo
E-mail: jaimeadilton@gmail.com

Minhas páginas da Web:

 

Sobre mim

Gênero: Masculino
Atividade: Pregoeiro
Profissão: Contador
Local: Melgaço, Ilha de Marajó, Pará, Brasil
Links: Áudio
Introdução:

TABACARIA

Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo. [...] Fiz de mim o que não soube E o que podia fazer de mim não o fiz. O dominó que vesti era errado. Conheceram-me logo por quem não era e não desmenti, e perdi-me. Quando quis tirar a máscara, Estava pegada à cara. Quando a tirei e me vi ao espelho, Já tinha envelhecido. Estava bêbado, já não sabia vestir o dominó que não tinha tirado. Deitei fora a máscara e dormi no vestiário Como um cão tolerado pela gerência Por ser inofensivo E vou escrever esta história para provar que sou sublime. [...]


Álvaro de Campos

Interesses:

Música, Poesia, Brasilidade, Literatura, e tudo o mais que há de bom na vida.

Filmes favoritos:


Um Amor Para Recordar, O Leitor, O 13º Andar, A Trilogia Matrix, A Trilogia Deixados Para Trás, entre outros.

Músicas favoritas:


Pedaço de Mim, Tinha Que Acontecer, Rainha da Vida, Tocando em Frente, Chão de Giz, Todas as do Vinícius de Moraes, entre outras tantas.

Livros favoritos:


A saga: O Vendedor de Sonhos, Dom Casmurro, Memórias Póstumas de Brás Cubas, A Carne, Amor de Perdição, A Moreninha, A Barca dos Amantes, Os Lusíadas, O Jogo da Detetive, O Pequeno Príncipe, entre tantos outros.