gravatar

SONETO PARA A MULHER MORENA



Ah! Teu belo sorriso de morena;
A noite a morar em teus cabelos;
O vento frio a te bulir com zelos;
O cheiro de tua pele de açucena!...

Os lábios se abrindo em cantilena
De juras amorosas!... (oh, alvéolos!...)
Da brisa que te arrepia os pelos
A carícia sutil, gostosa, plena!

Tudo em ti admiro: és sedução!
És ternura, és afago... és castigo...
És fruto proibido, és tentação!

És vinho que embriaga! Evoé!...
E adivinho a delícia do perigo
Que trazes em teu corpo de mulher.
Leia Mais ››


gravatar

UM TRIBUTO A JETRO FAGUNDES



Ah! Quem me dera a musa da inspiração
Para expandir meu canto a mil universos
E com 'Os Heróis da Fé', 'Marajoando em Versos'
Saudar um primo farinheiro, meu irmão,

Marajoara de corpo e alma, de igarité,
Que um dia 'Jesus, o Cristo libertador'
Cantou em versos plenos, serenos, cheios de fé,
Traduzindo o mais perfeito, sublime Amor!

Hoje, a Poesia marajoara está em festa!
E os poetas nefelibatas então recorrem
Às suas musas para entoar pela floresta

Um hino à Jetro Fagundes em homenagem
Por nos lembrar que 'Libertários Não Morrem'
Pois são 'Heróis do País da Cabanagem'!
 
 
— com Yaçana Bastos e outras 27 pessoas.
Leia Mais ››


Apresentação

Cantinho da Saudade é o espaço virtual de compartilhamento de meus rabiscos de poesia produzidos desde 1994 até a atualidade, através dos quais canto a vida em suas múltiplas nuances! Os poemas que aqui vão são elaborados de acordo com as mais variadas regras e temáticas da arte poética clássica, moderna e contemporânea, consoante as múltiplas vozes de meus heterônimos!


Prefácio

Cantinho da Saudade é o meu blog
Onde quase sempre venho postar
Arrebóis, luas ternas, brisas do mar
E uma velha ternura de buldogue!

Mergulhe à vontade, mas não se afogue
Nas águas cristalinas desse mar...
Mas se razão faltar-lhe pra chorar,
É favor vir outro dia bem mais grogue,

Pois aqui encontrará um coração
Dilacerado sob o plenilúnio
De lembranças perenes de emoção

E saberá que da vida o infortúnio
É buscar, em vão, na velha madrugada,
O sorriso da Eterna Namorada!


Visitas de Calíope e Érato

Colaboradores

Tradução Simultânea

English French German Spain Italian
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic

Previsão do Tempo

Formas Poéticas

Acróstico (74) Aldravia (5) Balada (7) Caligrama (10) Dez-De-Queixo-Caído (2) Duotrix (8) Epigrama (5) Espinela (1) Ethree (1) Gazal (6) Haicai (48) Indriso (52) Limerik (3) Monóstico (1) Moteto (6) Plêiade (4) Poetrix (43) Quadra (29) Ritornelo (3) Rondel (58) Rondó (8) Roundel (1) Rubai (9) Sextina (1) Sonetilho (4) Soneto (410) Terza-Rima (1) Tradução (5) Triolé (11) Trova (11) Vilancete (4) Vilanela (2) Virelai (4)

Assunto Temático

Estatísticas...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Postagens!

Horário de Brasília

Visitantes

Free counters!

Amigos On Line

Outras Saudades...