gravatar

POMBOS, ABUTRES E ALGUMAS ANDORINHAS



Mais do que pombos que sujam os telhados,
Vós sois abutres comendo a carniça
Do povo que, oprimido, pede justiça
Na voz escassa dos poetas desalentados...

(Se à reprimenda basta apenas a premissa
De exercer direitos assegurados
Na Carta Magna, então ficar calados
É o que esperais de nós na triste liça!?)

Pois, sim! Não calamos ante a vossa gárgula
E a vossa empáfia - soberbas, desumanas -
E resistimos com fé no coração.

Pois falta pouco e o paiol de pólvora
Há de explodir em vossas mãos tiranas
Porque meu povo quer libertação!

Muito bom!
E o título é qualquer coisa de bom.

Um abraço

Olá Jaime!

Rapaz, que legal esse seu texto! Soube ser erudito, sem ser chato.
Gostei muito do seu espasso.
Obrigado pela sua visita e pelas palavras tão belas.

Um grande abraço!

Fico feliz em poder ter dar meus parabéns por mais um aniversário. Deus lhe concedeu a graça de estar comemorando mais um ano de vida.

Mesmo estando distante o carinho e a ternura que nos liga faz com que não tenha muita importância a distancia que nos separa.

Olhe para o céu e agradeça pelo dia em que você sorriu para a vida.

É com uma grande alegria que escolhi palavras tão sinceras e que fazem justiça a sua pessoa.

Parabéns pelo seu aniversário, que todas as bênçãos do Pai Celestial sejam derramadas nesta data que é especialmente sua, que se encontre cercada de muita paz, saúde e amor.

Nunca se esqueça que, não importará nunca o fato de não estarmos tão perto como desejaríamos, mas sempre que o nosso encontro acontecer será marcado por uma grande emoção e alegria.

Seu aniversário jamais será esquecido onde eu estiver estarei orando por você pela sua felicidade agradecendo pela sua presença que só alegrias me traz.

Feliz Aniversário!!!

estamos felizes por voce saiba que o carinho que temos por voce é do tamanho do infito x 10 ygor marcelo cilene marcilene te amamos muito

Apresentação

Cantinho da Saudade é o espaço virtual de compartilhamento de meus rabiscos de poesia produzidos desde 1994 até a atualidade, através dos quais canto a vida em suas múltiplas nuances! Os poemas que aqui vão são elaborados de acordo com as mais variadas regras e temáticas da arte poética clássica, moderna e contemporânea, consoante as múltiplas vozes de meus heterônimos!


Prefácio

Cantinho da Saudade é o meu blog
Onde quase sempre venho postar
Arrebóis, luas ternas, brisas do mar
E uma velha ternura de buldogue!

Mergulhe à vontade, mas não se afogue
Nas águas cristalinas desse mar...
Mas se razão faltar-lhe pra chorar,
É favor vir outro dia bem mais grogue,

Pois aqui encontrará um coração
Dilacerado sob o plenilúnio
De lembranças perenes de emoção

E saberá que da vida o infortúnio
É buscar, em vão, na velha madrugada,
O sorriso da Eterna Namorada!


Visitas de Calíope e Érato

Colaboradores

Tradução Simultânea

English French German Spain Italian
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic

Previsão do Tempo

Formas Poéticas

Acróstico (74) Aldravia (5) Balada (7) Caligrama (10) Dez-De-Queixo-Caído (2) Duotrix (8) Epigrama (5) Espinela (1) Ethree (1) Gazal (6) Haicai (48) Indriso (52) Limerik (3) Monóstico (1) Moteto (6) Plêiade (4) Poetrix (43) Quadra (29) Ritornelo (3) Rondel (58) Rondó (8) Roundel (1) Rubai (9) Sextina (1) Sonetilho (4) Soneto (410) Terza-Rima (1) Tradução (5) Triolé (11) Trova (11) Vilancete (4) Vilanela (2) Virelai (4)

Assunto Temático

Estatísticas...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Postagens!

Visitantes

Free counters!

Outras Saudades...