gravatar

ELEGIA DE UMA QUARTA-FEIRA DE CINZAS


 
Para Dayanne Viegas

Juncarei com minhas lágrimas doridas
O caminho de luz que hás de trilhar
Semeando tua saudade em muitas vidas:
És exemplo que não se pode olvidar!

Me custa crer que hajas, de repente,
Alçado voo às mansões sidéreas,
Retornado à infância sorridente,
Inalado o hálito fremente e
Asqueroso das fauces funéreas!

Repentinamente... e estás dormindo
O sono antigo que angustia a humanidade
Deuses e homens a chorar, carpindo,
Resolutos a tristeza que me invade!
Imensurável dor que me abate
Guiando a emoção que se esvai -
Unívoco pesar sem disparate -
Enquanto dormes, meu querido pai,
Serenamente o sono bom dos justos!

Ver-te assim na despedida! Ah, vetustos
Instantes que se vão passando
Em câmera lenta, dores obumbrando...
Gládio que atravessa-me, injusto,
Asfixiando de meu rosto a calma...
Seta aguda que me fere a alma!....

by Jaime Adilton Marques de Araújo

Homenagem do poeta ao grande homem público que em vida se chamou José Maria Rodrigues Viegas, o Zequinha, falecido hoje, por volta das 13:00 h! Eternas saudades!

Apresentação

Cantinho da Saudade é o espaço virtual de compartilhamento de meus rabiscos de poesia produzidos desde 1994 até a atualidade, através dos quais canto a vida em suas múltiplas nuances! Os poemas que aqui vão são elaborados de acordo com as mais variadas regras e temáticas da arte poética clássica, moderna e contemporânea, consoante as múltiplas vozes de meus heterônimos!


Prefácio

Cantinho da Saudade é o meu blog
Onde quase sempre venho postar
Arrebóis, luas ternas, brisas do mar
E uma velha ternura de buldogue!

Mergulhe à vontade, mas não se afogue
Nas águas cristalinas desse mar...
Mas se razão faltar-lhe pra chorar,
É favor vir outro dia bem mais grogue,

Pois aqui encontrará um coração
Dilacerado sob o plenilúnio
De lembranças perenes de emoção

E saberá que da vida o infortúnio
É buscar, em vão, na velha madrugada,
O sorriso da Eterna Namorada!


Visitas de Calíope e Érato

Colaboradores

Tradução Simultânea

English French German Spain Italian
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic

Previsão do Tempo

Formas Poéticas

Acróstico (74) Aldravia (5) Balada (7) Caligrama (10) Dez-De-Queixo-Caído (2) Duotrix (8) Epigrama (5) Espinela (1) Ethree (1) Gazal (6) Haicai (48) Indriso (52) Limerik (3) Monóstico (1) Moteto (6) Plêiade (4) Poetrix (43) Quadra (29) Ritornelo (3) Rondel (58) Rondó (8) Roundel (1) Rubai (9) Sextina (1) Sonetilho (4) Soneto (410) Terza-Rima (1) Tradução (5) Triolé (11) Trova (11) Vilancete (4) Vilanela (2) Virelai (4)

Assunto Temático

Estatísticas...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Postagens!

Visitantes

Free counters!

Outras Saudades...