gravatar

DEMOCRACIA*

Com base no poema DEMO X CRACIA de Carlos Paiva, poeta itaitubense
Conceito sublime dos gregos
- O povo assumindo o poder -
No entanto, quantos pelegos
Não fazem o povo sofrer!

Filhos de um mesmo ventre.
Entretanto, todo dia
Assistimos à briga entre
DEMO versus CRACIA!

Vemos o DEMO nas filas,
No ônibus, na feira, no lixo...
Arquejando nos becos, nas vilas,
Comendo detritos qual bicho!

O DEMO está doente, faminto,
Aos trapos, desamparado...
Mal pago, cansado, ao relento
E na mais das vezes, desempregado!

Vemos o DEMO sob o céu,
Debaixo do sol e da ponte
Abandonado sem nada, ao léu
A viver do suor de sua fronte!

Mas a CRACIA está em Brasília,
Nas capitais, nos municípios
Vivendo às mil maravilhas,
Sem escrúpulos nem princípios!

Mas a CRACIA está saudável
Alimentada, bem disposta, protegida...
Decidindo a vida miserável
Do DEMO que não tem fé na vida!

Mas a CRACIA está na sombra, no tudo,
Nos edifícios pairando ao ar
Vai muito bem, graças ao criado-mudo
Do DEMO que se deixa explorar!

by Daniel Jônatas M. de Queirós Mauá Jr.

Apresentação

Cantinho da Saudade é o espaço virtual de compartilhamento de meus rabiscos de poesia produzidos desde 1994 até a atualidade, através dos quais canto a vida em suas múltiplas nuances! Os poemas que aqui vão são elaborados de acordo com as mais variadas regras e temáticas da arte poética clássica, moderna e contemporânea, consoante as múltiplas vozes de meus heterônimos!


Prefácio

Cantinho da Saudade é o meu blog
Onde quase sempre venho postar
Arrebóis, luas ternas, brisas do mar,
E uma velha ternura de bulldog!

Mergulhe à vontade, mas não se afogue
Nas águas cristalinas desse mar.
E, se razão faltar-lhe pra chorar,
Volte, então, outro dia, bem mais grogue,

Pois aqui encontrará um coração
Dilacerado sob o plenilúnio
De lembranças perenes de emoção

E saberá que da vida o infortúnio
É, procurar, em vão, na madrugada,
O sorriso da Eterna Namorada!...


Visitas de Calíope e Érato

Colaboradores

Tradução Simultânea

English French German Spain Italian
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic

Previsão do Tempo

Formas Poéticas

Acróstico (74) Aldravia (5) Balada (7) Caligrama (10) Dez-De-Queixo-Caído (2) Duotrix (8) Epigrama (5) Espinela (1) Ethree (1) Gazal (6) Haicai (48) Indriso (52) Limerik (3) Monóstico (1) Moteto (6) Plêiade (4) Poetrix (43) Quadra (29) Ritornelo (3) Rondel (58) Rondó (8) Roundel (1) Rubai (9) Sextina (1) Sonetilho (4) Soneto (410) Terza-Rima (1) Tradução (5) Triolé (11) Trova (11) Vilancete (4) Vilanela (2) Virelai (4)

Assunto Temático

Estatísticas...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Postagens!

Visitantes

Free counters!

Outras Saudades...