gravatar

AMOR, ETERNO AMOR!



Ah! Como é tão bom amar
E poder se apaixonar
Pela Moça que sempre
Estará nos lindos sonhos

Risonhos que enfim puder sonhar
Amando num escarcéu
Quem conseguiu te cativar
E prender por fim...

Só um coração
Amante e amado
Que rompe a distância
Presente e passado e futuro
Permanece o mesmo
Não obstante os anos
Pois será sempre eterno
Maior que os oceanos...

Bem-aventurado
Quem tiver tamanho
Amor em seu peito
Sempre há de ser amado...

Sou dono desse amor
Que explode qual vulcão
Dentro do coração
Ardendo a me queimar
Sou dono desse amor...

E assim sempre amarei,
Pois é sublime lei
Incondicionalmente
A dona dos meus sonhos
Sou dono desse amor
Que em versos componho...

Sou dono desse amor
Que explode qual vulcão
Dentro do coração
Ardendo a me queimar
Sou dono desse amor...

E assim sempre amarei,
Pois é sublime lei,
Incondicionalmente
A dona dos meus sonhos
Sou dono desse amor
Que em versos componho
E vou seguir risonho
Pra sempre!...

by Pedro Paulo Barreto de Lima

Pra Você
Paula Fernandes

Eu quero ser pra você
A alegria de uma chegada
Clarão trazendo o dia
Iluminando a sacada

Eu quero ser pra você
A confiança, o que te faz
Te faz sonhar todo dia
Sabendo que pode mais

Eu quero ser ao teu lado
Encontro inesperado
O arrepio de um beijo bom
Eu quero ser sua paz a melodia capaz
De fazer você dançar

Eu quero ser pra você
A lua iluminando o sol
Quero acordar todo dia
Pra te fazer todo o meu amor

Eu quero ser pra você
Braços abertos a te envolver
E a cada novo sorriso teu
Serei feliz por amar você

Se eu vivo pra você
Se eu canto pra você
Pra você

olá tudo bem? desculpe a invasão,gosto de passear pelos blogs , e a cada dia me surpreendo com tão grandiosos poetas,abraços.

Apresentação

Cantinho da Saudade é o espaço virtual de compartilhamento de meus rabiscos de poesia produzidos desde 1994 até a atualidade, através dos quais canto a vida em suas múltiplas nuances! Os poemas que aqui vão são elaborados de acordo com as mais variadas regras e temáticas da arte poética clássica, moderna e contemporânea, consoante as múltiplas vozes de meus heterônimos!


Prefácio

Cantinho da Saudade é o meu blog
Onde quase sempre venho postar
Arrebóis, luas ternas, brisas do mar,
E uma velha ternura de bulldog!

Mergulhe à vontade, mas não se afogue
Nas águas cristalinas desse mar.
E, se razão faltar-lhe pra chorar,
Volte, então, outro dia, bem mais grogue,

Pois aqui encontrará um coração
Dilacerado sob o plenilúnio
De lembranças perenes de emoção

E saberá que da vida o infortúnio
É, procurar, em vão, na madrugada,
O sorriso da Eterna Namorada!...


Visitas de Calíope e Érato

Colaboradores

Tradução Simultânea

English French German Spain Italian
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic

Previsão do Tempo

Formas Poéticas

Acróstico (74) Aldravia (5) Balada (7) Caligrama (10) Dez-De-Queixo-Caído (2) Duotrix (8) Epigrama (5) Espinela (1) Ethree (1) Gazal (6) Haicai (48) Indriso (52) Limerik (3) Monóstico (1) Moteto (6) Plêiade (4) Poetrix (43) Quadra (29) Ritornelo (3) Rondel (58) Rondó (8) Roundel (1) Rubai (9) Sextina (1) Sonetilho (4) Soneto (410) Terza-Rima (1) Tradução (5) Triolé (11) Trova (11) Vilancete (4) Vilanela (2) Virelai (4)

Assunto Temático

Estatísticas...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Postagens!

Visitantes

Free counters!

Outras Saudades...