gravatar

POEMA DE AMOR A MELGAÇO


Iluminando o palco da vida
Interiorana da pacata Melgaço,
Incensos deposito aos pés da Poesia!

Semeando a genuína cultura
Exteriorizando arte e emoções
Melgaço, vejo-te emergir de entre as brumas
Através das cinzas de teu passado esquecido
Num jogo de cores, luzes, fantasia…
Arte, no primitivo sentido da palavra!

Dói-me, entretanto, oh, triste apanágio,
Estarem alguns dos teus filhos mergulhados no mar do plágio!

Arte: a mais antiga forma de expressão
Renovada a cada novo amanhecer
Tecida sempre com o nosso mais profundo ser
Eternizando as nossas emoções!

Eis o conceito que deves, Melgaço, assimilar de coração!

Cultivar a beleza da vida
Usufruir momentos incríveis
Lançar na terra a semente do amor
Transformar tudo isso em arte…
Uma tarefa a que te lanças peregrino
Reconstituindo de modo majestoso
A vida, o amor e o sentimento da minha terra natal!

by Jaime Adilton Marques de Araújo

Apresentação

Cantinho da Saudade é o espaço virtual de compartilhamento de meus rabiscos de poesia produzidos desde 1994 até a atualidade, através dos quais canto a vida em suas múltiplas nuances! Os poemas que aqui vão são elaborados de acordo com as mais variadas regras e temáticas da arte poética clássica, moderna e contemporânea, consoante as múltiplas vozes de meus heterônimos!


Prefácio

Cantinho da Saudade é o meu blog
Onde quase sempre venho postar
Arrebóis, luas ternas, brisas do mar,
E uma velha ternura de bulldog!

Mergulhe à vontade, mas não se afogue
Nas águas cristalinas desse mar.
E, se razão faltar-lhe pra chorar,
Volte, então, outro dia, bem mais grogue,

Pois aqui encontrará um coração
Dilacerado sob o plenilúnio
De lembranças perenes de emoção

E saberá que da vida o infortúnio
É, procurar, em vão, na madrugada,
O sorriso da Eterna Namorada!...


Visitas de Calíope e Érato

Colaboradores

Tradução Simultânea

English French German Spain Italian
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic

Previsão do Tempo

Formas Poéticas

Acróstico (74) Aldravia (5) Balada (7) Caligrama (10) Dez-De-Queixo-Caído (2) Duotrix (8) Epigrama (5) Espinela (1) Ethree (1) Gazal (6) Haicai (48) Indriso (52) Limerik (3) Monóstico (1) Moteto (6) Plêiade (4) Poetrix (43) Quadra (29) Ritornelo (3) Rondel (58) Rondó (8) Roundel (1) Rubai (9) Sextina (1) Sonetilho (4) Soneto (410) Terza-Rima (1) Tradução (5) Triolé (11) Trova (11) Vilancete (4) Vilanela (2) Virelai (4)

Assunto Temático

Estatísticas...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Postagens!

Visitantes

Free counters!

Outras Saudades...