gravatar

DOCE PAIXÃO! DOCE LOUCURA! DOCE MORENA!


Doce loucura! Doce paixão! Doce morena!
Paixão sem igual,
Loucura eternal
Mexendo com vidas apaixonadas apenas…
Vidas que vivem encantadas
Com vontade de prosseguir
Amando você, ninfa dourada,
Que a todos encantas com o teu sorrir!

Doce morena! Doce loucura! Doce paixão!
Musa dos sonhos dourados
De seres apaixonados
De inebriados e torturados corações…
Corações que querem você
E têm vontade de um sonho realizar
(Eles têm medo de te perder)
Só querem com ternura e afeto - te amar!

Doce paixão! Doce morena! Doce loucura!
Corações sofridos,
Seres embevecidos
Amam-te com carinho e ternura…
Ouça, querida, essas vozes
Que por você estão a chamar…
São portadores de sofrimentos atrozes
Que só você, meu bem, pode acabar.

Doce paixão! Doce loucura!
Doce prazer! Doce ternura!
Morena-sorriso! Morena-prazer!
Corações infelizes querem você!

Doce loucura! Doce paixão!
Doce amor! Doce emoção!
Você é a minha linda açucena;
Amo-te muito, gentil morena!

Doce ternura! Doce prazer!
Doce razão de amargo viver!
Você é tudo na minha vida
Do meu céu és Diana querida!

Doce emoção! Eterno amor!
Teus doces lábios têm dulçor!
Ninfa dourada, ser encantado!
Por você estou apaixonado!

Doce sereia! Lírica mulher!
O teu doce amor inunda meu ser!
Ó vem-me beijar com emoção;
Pois é todo teu o meu coração!
Doce loucura! Doce morena! Doce paixão!
Morena encantadora,
Paixão sedutora,
Envolves meu íntimo com emoção…
De amor estou inebriado
Já tentei, mas não consigo me conter!
Sou, querida, teu eterno apaixonado,
Por você eu vivo sempre a sofrer.

Doce paixão! Doce loucura! Doce morena!
Minha musa encantada,
Minha benévola fada,
Minha lírica mulher pequena…
Meu coração está acorrentado
Pelo teu olhar encantador
E teus cabelos, cor-de-pecado,
Embriagam-me com o elixir do amor!

Doce morena! Doce paixão! Doce loucura!
Quando estás ao meu lado
Meu coração embriagado
Esquece toda e qualquer amargura…
Pois és o meu eterno amor,
Motivo maior da minha felicidade
E para ver-te eu enfrento o calor
Do sol, o mau tempo, a tempestade…

Você é a minha doce loucura
Por isso te amo com ternura!
Ouça o que meu coração te diz:
“Só você pode me fazer feliz!”
Com amor te dedico estes versos
Para você, ó meiga morena!
És o centro do meu universo
E do meu jardim a açucena!

É assim que meu coração apaixonado
Pulsa por você, minha querida, altaneiro…
Pois te ama e também quer ser amado
Por você, Lílian dos Santos Monteiro!

by Léo Frederico de Las Vegas

Apresentação

Cantinho da Saudade é o espaço virtual de compartilhamento de meus rabiscos de poesia produzidos desde 1994 até a atualidade, através dos quais canto a vida em suas múltiplas nuances! Os poemas que aqui vão são elaborados de acordo com as mais variadas regras e temáticas da arte poética clássica, moderna e contemporânea, consoante as múltiplas vozes de meus heterônimos!


Prefácio

Cantinho da Saudade é o meu blog
Onde quase sempre venho postar
Arrebóis, luas ternas, brisas do mar,
E uma velha ternura de bulldog!

Mergulhe à vontade, mas não se afogue
Nas águas cristalinas desse mar.
E, se razão faltar-lhe pra chorar,
Volte, então, outro dia, bem mais grogue,

Pois aqui encontrará um coração
Dilacerado sob o plenilúnio
De lembranças perenes de emoção

E saberá que da vida o infortúnio
É, procurar, em vão, na madrugada,
O sorriso da Eterna Namorada!...


Visitas de Calíope e Érato

Colaboradores

Tradução Simultânea

English French German Spain Italian
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic

Previsão do Tempo

Formas Poéticas

Acróstico (74) Aldravia (5) Balada (7) Caligrama (10) Dez-De-Queixo-Caído (2) Duotrix (8) Epigrama (5) Espinela (1) Ethree (1) Gazal (6) Haicai (48) Indriso (52) Limerik (3) Monóstico (1) Moteto (6) Plêiade (4) Poetrix (43) Quadra (29) Ritornelo (3) Rondel (58) Rondó (8) Roundel (1) Rubai (9) Sextina (1) Sonetilho (4) Soneto (410) Terza-Rima (1) Tradução (5) Triolé (11) Trova (11) Vilancete (4) Vilanela (2) Virelai (4)

Assunto Temático

Estatísticas...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Postagens!

Visitantes

Free counters!

Outras Saudades...