gravatar

EM BUSCA DE RESPOSTAS...



Jaime Adilton, Ilha de Marajó...
É ela quem me busca em desespero
Lá no google e a minha dor maior
(Digo-a, pois, sem nenhum exagero)

É saber-me exilado, triste e só
Dentro de mim o sentimento austero
De não ter como viver esse amor
Sem divisar além um entrevero!

E então busco refúgio em Calíope
Que apazigua o meu olhar tão míope
E me faz ver que a vida é mesmo assim.

Nem sempre vencemos o perde-e-ganha.
E que por mais que a dor seja tamanha
Não chegou de tudo, pois, ainda, o fim.

by Jaime Adilton Marques de Araújo

WANDERLINO ARRUDA

A calma sincera dos teus olhos,
um meio sorriso,
a alegria contida,
meiguice que cheira ternura,
tudo isso e muito mais
fazem de mim
sonho e mistério,
universo de ilusões
e muitas certezas.
Tuas qualidades tantas,
suaves e tão bonitas,
emocionam minh'alma:
felicidade brotando
em perfume de flor.
Teus olhos me deixam feliz,
realmente feliz !

Meu amigo e poeta Jaime. Achei comovente seu soneto. De fato enquanto as cortinas não se fecharem não devemos desistir nunca. Adorei vir aqui te ler. Abraços. tenha uma linda semana. Sonia Revoredo.

Apresentação

Cantinho da Saudade é o espaço virtual de compartilhamento de meus rabiscos de poesia produzidos desde 1994 até a atualidade, através dos quais canto a vida em suas múltiplas nuances! Os poemas que aqui vão são elaborados de acordo com as mais variadas regras e temáticas da arte poética clássica, moderna e contemporânea, consoante as múltiplas vozes de meus heterônimos!


Prefácio

Cantinho da Saudade é o meu blog
Onde quase sempre venho postar
Arrebóis, luas ternas, brisas do mar
E uma velha ternura de buldogue!

Mergulhe à vontade, mas não se afogue
Nas águas cristalinas desse mar...
Mas se razão faltar-lhe pra chorar,
É favor vir outro dia bem mais grogue,

Pois aqui encontrará um coração
Dilacerado sob o plenilúnio
De lembranças perenes de emoção

E saberá que da vida o infortúnio
É buscar, em vão, na velha madrugada,
O sorriso da Eterna Namorada!


Visitas de Calíope e Érato

Colaboradores

Tradução Simultânea

English French German Spain Italian
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic

Previsão do Tempo

Formas Poéticas

Acróstico (74) Aldravia (5) Balada (7) Caligrama (10) Dez-De-Queixo-Caído (2) Duotrix (8) Epigrama (5) Espinela (1) Ethree (1) Gazal (6) Haicai (48) Indriso (52) Limerik (3) Monóstico (1) Moteto (6) Plêiade (4) Poetrix (43) Quadra (29) Ritornelo (3) Rondel (58) Rondó (8) Roundel (1) Rubai (9) Sextina (1) Sonetilho (4) Soneto (410) Terza-Rima (1) Tradução (5) Triolé (11) Trova (11) Vilancete (4) Vilanela (2) Virelai (4)

Assunto Temático

Estatísticas...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Postagens!

Visitantes

Free counters!

Outras Saudades...